quarta-feira, 22 de julho de 2009


Acho que não sei quem sou

Só sei do que não gosto [...]


[...]não gosto de falsidade

não gosto de pseudo intelectuais

não gosto de ficar sem meu amor

não gosto de multidões

não gosto de desordem

não gosto de não ter tempo para mim

não gosto de me sentir insegura

não gosto de lançar minha vida ao destino

não gosto de calor

não gosto de não ter aproveitado um lindo dia de sol

não gosto de ter que me lembrar de coisas que me fizeram sofrer

não gosto de saber que o mundo é imenso e que estou no mesmo lugar

não gosto de pessoas hipócritas

não gosto de pessoas mal-educadas

não gosto de pessoas esnobes

não gosto de pessoas interesseiras

não gosto de me sentir confusa

não gosto de perceber que o mundo se torna chato e previsível com o passar dos anos

não gosto de quem não gosta de animais, natureza e criança

não gosto de preconceitos

não gosto de pessoas que se importam com coisas pequenas

não gosto de pessoas que não sabem valorizar os pequenos grandes momentos da vida

não gosto de muitas perguntas

não gosto de não ter respostas

não gosto de falsas humildades

não gosto de falar mal dos outros, apenas falar as verdades

não gosto de ser ignorada

não gosto de ser acusada do que não fiz

não gosto de injustiças

não gosto de populismos

não gosto de pessoas sem opiniões

não gosto de pessoas que se deixam influenciar

não gosto de pessoas que cheiram mal

não gosto de biquíni grande

não gosto de muita chuva

não gosto de sentir fome

não gosto de ficar na vontade

não gosto de não ter feito o que queria

não gosto de farinha

não gosto de ser julgada pela aparência

não gosto de pessoas certinhas demais

não gosto de pessoas mesquinhas

não gosto de pesssoas cínicas

não gosto de fazer por obrigação

não gosto de café com leite

não gosto de amor fácil
Não gosto de culto ao corpo
não gosto de falsos poetas,
não gosto de pedagoga que odeia criança
não gosto de sorrisos amarelos
não gosto de me sentir culpada
não gosto do gosto da traição
não gosto de não ter meu canto, meu lugar, meu altar
não gosto de fazer planos a longo prazo
não gosto de falta de privacidade
não gosto de falta de dinheiro
não gosto de quem maltrata algo ou alguém
não gosto de amores impossíveis
não gosto de excessos

não gosto de sentir saudade e nem de ficar longe, nem que seja por um dia ou uma noite...
Não gosto de saber que sou assim... e só sei do que não gosto.


Jack Joy

Um comentário:

  1. Parabens pelo seu blog, muito bom!
    adoorei. aproveitei pra te seguir!
    Segue tambem?

    www.jmphotosnet.blogspot.com

    ResponderExcluir